River (minisérie 2015)

9.06.2016

River foi uma série que eu descobri um pouco ao acaso quando andava a vasculhar o catálogo da Netflix. Começamos a ver sem grandes expectativas e acabou por ser uma série que nos arrebatou.
Eu não gosto muito de usar a palavra "brilhante" para descrever séries de TV/filmes porque, no fundo, sou uma leiga em relação ao assunto mas vou ter de a usar para River.

O detetive John River (Stellan Skarsgard) luta para desvendar o assassinato de sua colega, a detetive Jackie Stevenson (Nicola Walker), mesmo tendo sido afastado do caso devido à sua proximidade com o caso. O motivo: o fantasma de Jackie tem aparecido para ele.

Esta é uma minisérie de 6 episódios, com cerca de uma hora cada um. Pode ser descrita como uma mistura de noir nórdico e policial britânico mais sombrio. Gira em torno do inspector River que procura resolver o homícidio da sua colega Jackie ao mesmo tempo que lida com a visão/fantasma da sua colega morta.


Aquilo que eu mais gostei nesta série foi o facto de ela não ser um mero policial. Esta foca-se na resolução do crime mas mais importante ainda é a exploração da complexidade e fragilidade da mente humana e a dificuldade em lidar com a perda e luto. No entanto, o enredo policial propriamente dito é também sólido e não previsível, com uma boa dose de reviravoltas.
A atmosfera é negra e melancólica mas consegue ter também alguns momentos mais agradáveis e divertidos.


As interpretações são óptimas. Ao longo da minisérie, River passa por uma diversidade de emoções que são transmitidas na perfeição por Skarsgard. Acima de tudo, River é uma pessoa triste, cheia de arrependimentos e antisocial que contrasta muito bem com a energética e divertida Jackie. A química entre os dois actores é excelente e, muitas vezes, enternecedora. É essa química que torna a morte de Jackie ainda mais angustiante e triste.
O restante elenco é também muito bom e tenho de destacar Lesley Manville como a sua superior e Adeel Akhtar como o seu novo parceiro.



Esta é uma minisérie completa, que não deixa pontas soltas e cujo final agridoce satisfaz. Espero sinceramente que não criem mais nenhuma temporada porque iria destruir a sua magia e singularidade.
Tanto eu, como o Joaquim, recomendamos muito River, especialmente para quem gosta de dramas policiais que se focam mais na dinâmica das personagens do que no crime.



Classificação: ★★★★★






Enviar um comentário

Latest Instagrams

© Serão no Sofá. Design by FCD.